Mais do que produtos, histórias.

 

O time de Burger King entrou em contato com a Scoop com o seguinte desafio: precisamos preencher nosso funil de inovação para os próximos anos mas não sabemos direito por onde caminhar.

Fácil, né? Nem tanto. Esse trabalho foi bastante desafiador e nos levou, depois de vários estudos e pesquisas, definir um caminho estratégico de inovação: histórias.

As histórias dos sanduíches é que dão o tom da marca (para BK, muito importante) e foi usado como o principal trigger para a criação das ideias, conceitos e receitas.

Depois dessa definição, chegou a hora de colocar a mão na massa. Optamos por fazer uma co-criação com os jovens mais apaixonados por BK.

O processo de co-criação se iniciou com um grande apresentação de inspiração para os consumidores, teve participação de foodies e contou com a colaboração da agência de BK, que treinou os consumidores sobre técnicas de storytelling. Depois disso, a Scoop aplicou uma metodologia proprietária de geração de conceitos, que ajuda no desenvolvimento e nas escolhas das melhores propostas.

No final do dia o time contava com mais de 15 conceitos de novos produtos, com histórias envolventes e propostas diferenciadas. O time de BK testou as ideias quantitativamente e a grande maioria foi aprovada com nota 10.

Um dos resultados já se pode ver nas lojas: é misterioso e saboroso BK Mafioso.